Viajando a Trabalho

Viagem executiva como oferecer uma boa experiência para funcionários

Por 10 de setembro de 2019 Sem comentários

Embora atualmente as empresas tenham todos os recursos digitais disponíveis para fechar negócios, a área do turismo responsável pelas viagens corporativas têm crescido bastante. E as empresas precisam, de fato, preocupar-se com as viagens realizadas pelos seus funcionários, pois esse pode ser um fator imprescindível para ajudar a assinar novos contratos.

Só que essas viagens precisam apresentar benefícios para a empresa — e, para isso, é necessária uma boa gestão e logística dessa viagem executiva. Como fazer para que essa viagem seja econômica e, ao mesmo tempo, produtiva?

Acompanhe este post e entenda os benefícios de uma boa logística e conheça algumas dicas para ter sucesso em sua viagem corporativa:

A importância de uma boa logística de viagem executiva

Mais importante do que realizar a viagem executiva é assegurar que haja uma gestão eficaz. Esse procedimento, como todos da empresa, precisa ser observado de perto para oferecer os melhores resultados possíveis.

Sendo assim feito, contribui para que a empresa consiga reduzir os custos a partir de uma boa administração. Ao definir os objetivos, o orçamento e uma política de viagem corporativa, você diminui as chances de pagar um valor que ultrapasse o inicialmente desejado.

As formas de garantir uma boa experiência para os funcionários

Mas como alcançar os objetivos da empresa com a viagem corporativa e, ainda assim, obter esses benefícios? Conheça algumas dicas:

Siga sempre a política de viagens corporativas

A política de viagens corporativas é um documento que consta cada detalhe da sua viagem, como:

  • objetivos;
  • regras para gastos com:
    • passagens aéreas;
    • transporte;
    • hospedagem;
    • alimentação;
    • telefonemas;
    • métodos de reembolso; e
    • prestação de contas.
  • e tudo que envolve a viagem.

Dessa forma, fica muito mais fácil ter controle sobre o que foi investido e o que foi gasto. Logo, há uma redução nos gastos e uma potencialização no controle das despesas.

Planeje a viagem junto com seus funcionários

Não tem como alcançar seus objetivos sem a ajuda dos seus funcionários, não é mesmo? Por isso, é de suma importância que, ao criar a política de viagens corporativas, eles fiquem a par de todos os detalhes desse documento.

Dessa forma, não tem como haver nenhum mal-entendido ou situação desconfortável para ambas as partes. Assim, haverá uma confiança mútua entre empresa e funcionário, facilitando a conquista dos objetivos.

Contrate um seguro de viagens

Muita gente pensa que é desnecessário fazer um seguro de viagem. Isso é um grande erro! A contratação de um bom seguro de viagem dá a garantia de que, se algum imprevisto acontecer, seus funcionários serão rapidamente auxiliados.

O seguro cobre acidentes, despesas médicas, garante ao usuário benefícios relacionados a documentação e bagagem. Entre eles, voos atrasados ou cancelados e, também, malas e documentos perdidos.

Negocie com fornecedores

Em 1º lugar, é necessário reconhecer os possíveis gastos, rotas, datas de viagem etc. Ao obter essas informações, fica mais fácil a realização da negociação com fornecedores. Deve-se analisar as tarifas e destinos geralmente utilizados.

A área responsável pode fazer acordos com a companhia aérea que seja mais vantajosa para efetuar a compra das passagens e, assim, economizar no valor dos trechos. Isso também vale para hospedagem, aluguel de veículo e transporte urbano.

Ao diagnosticar as próprias necessidades, a administração é capaz de tomar medidas para que a empresa possa pagar menos e possa fortalecer o relacionamento com fornecedores que garantem o serviço de qualidade.

Seja um diferencial competitivo

Uma coisa é certa: ter o apoio de profissionais especializados nessa área é um diferencial para criar uma vantagem competitiva.

Quando é feita uma viagem com o intuito de fechar um negócio com o cliente, o custo da compra desse comprador cai. Dessa forma, há um aumento da lucratividade e da rentabilidade.

A empresa poderá, também, aproveitar oportunidades que não estão acessíveis no mercado, como preços e condições.

Com uma boa prática de gestão de viagem executiva, o empreendimento pode controlar melhor os gastos e resultados, além de aumentar a satisfação do time. E, para melhorar essa atuação, vale contratar uma empresa especializada nesse tema.

Gostou deste post? Para ter mais dicas sobre esse assunto e outros relacionados a viagens, entre em contato conosco!